A moça, a saia, a faculdade

Eu estava evitando falar neste assunto (por pura falta de palavras para descrever minha perplexidade), mas depois de ler o que o Flávio Gomes escreveu em seu blog, achei que ele quase conseguiu descrever meu sentimento.

 

A MOÇA, A SAIA, A FACULDADE

SÃO PAULO (é o fim) – Fiz faculdade entre 1982 e 1985. Faculdade de riquinho, FAAP. Não havia sinal de movimento estudantil ali. Na verdade, com o fim da ditadura, a eleição de Tancredo e a perspectiva de diretas em 1989, o movimento estudantil se enfraqueceu e, sendo bem sincero, foi sumindo aos poucos. Minha atividade mais próxima da subversão foi vender sanduíches naturais para arrecadar dinheiro para uma festa das Diretas. Leia mais...

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: